AGENDA DE CURSOS










    Informações sobre os cursos PRESENCIAIS: CLIQUE AQUI

    Informações sobre os cursos ON-LINE: CLIQUE AQUI


 CONTATOS:

 Porto Alegre e Cursos On-Line: Cel. e WhatsApp (51)99650-9338 com João Carlos

 Florianópolis: Cel. e WhatsApp (48)98850-5591 com Michelle


Atendimentos Presenciais




Já na primeira sessão, é executado um rastreio completo, onde são rastreados muitos pontos específicos no corpo do cliente, verificando através de ímãs e da Bioenergética, quais destes pontos estão fora do Nível Energético Normal.

Estes pontos podem estar ácidos ou alcalinos, fazendo ressonância em outro ponto formando pares (este com pH contrário), podendo estar abrigando vírus, bactérias, fungos, parasitas e/ou disfunções que são as causas das enfermidades.
Os pontos identificados são neutralizados na própria sessão.

O cliente deve retornar em um espaço de 8 a 30 dias para um novo rastreio, para verificar se estes pares foram definitivamente neutralizados e se não estavam ocultando outros.

Informações e marcações de consultas:
Cel. e WhatsApp: (51) 99650-9338
Rua Washington Luiz 728 Sala 301
Porto Alegre/RS
ATENDIMENTOS SOMENTE COM HORA MARCADA



Atendimentos à Distância


 

O tratamento de Biomagnetismo, pode ser feito presencialmente e também a distância. Para atendimentos à distância, a Bioenergética (no caso a Telebioenergética), nos ajuda muito.

Acoplamos a energia da pessoa a ser atendida, em uma “antena” (uma pessoa que servirá literalmente como uma antena, para efetuar o rastreio), e com esta energia aplicada, podemos fazer o rastreio e o tratamento, à distância. Com resultados muito próximos, ou iguais ao presencial.

Precisamos sempre de no mínimo 2 atendimentos, o primeiro para verificar e tratar os pontos que estão bioenergeticamente fora do Nível Energético Normal. Já o segundo, para verificar se estes pontos já não existem mais, e se estavam ocultando outros pontos.

Inclusive, através da Telebioenergética, podemos efetuar também o tratamento do seu pet (cães, gatos, etc.).

Para estes casos, precisamos usar como “antena”, o proprietário do pet ou a pessoa mais próxima, como por exemplo, o tratador.

Marque sua consulta presencial ou a distância com o Prof. João Carlos Magalhães.

Informações:

Cel. e WhatsApp: (51) 99650-9338

Biomagnetismo - Estudo científico mostra que fótons podem interagir a distância

O tratamento com o Biomagnetismo a distancia, chamado de Telebioenergética, algumas vezes gera desconfiança nos clientes, por não acreditarem que uma pessoa no local, junto com o terapeuta, possa tornar-se uma "antena" e responder e interagir igualmente como o corpo da pessoa a ser a atendida, não importando a distância.

O trabalho científico abaixo, mostra como fótons, que são as partículas que compõem a luz e podem ser definidos como pequenos “pacotes” que transportam a energia contida nas radiações eletromagnéticas, puderam refletir uma imagem que jamais tocou o molde, apenas a energia da luz infravermelha em contato, bastou para formar a imagem.

Um gato, uma brasileira e um feito inédito na física

Como uma mineira de 32 anos conseguiu colocar em prática uma das mais complexas teorias da física moderna e conquistar a comunidade científica internacional

Tudo que você enxerga ao redor é resultado de luz refletida. Quando os raios do sol ou de uma lâmpada batem em objetos, pessoas ou partículas no ar, eles retornam para os seus olhos e dão forma e cor ao mundo. Esse princípio, um dos mais básicos da ótica, é tão natural que parece impossível de ser contrariado. Pois foi exatamente isso que a brasileira Gabriela Barreto Lemos, 32 anos, fez. À frente de um grupo de cinco cientistas, ela conduziu um experimento revolucionário que registrou imagens oriundas não da reflexão da luz, mas de um bizarro tipo de “telepatia” entre partículas conhecido como “emaranhamento quântico”. Esse fenômeno – classificado pelo físico alemão Albert Einstein como “assustador” – ocorre apenas com partículas menores do que um átomo, como os fótons que formam a luz.

A luz que formou as imagens no alto nunca tocou o molde em

forma de gato. Abaixo, a pesquisadora brasileira Gabriela Barreto Lemos,

32 anos, que estuda os mistérios da ótica quântica: "Adoro o que é contraintuitivo"



“A ótica quântica é doidíssima, supercontraintuitiva, e eu adoro isso”, disse Gabriela à ISTOÉ em entrevista por telefone. Mineira de Belo Horizonte, ela faz pós-doutorado no Instituto para Ótica Quântica e Informação Quântica de Viena, na Áustria, uma das instituições científicas mais respeitadas do mundo. Foi no laboratório europeu que Gabriela desenvolveu o estudo que, pela primeira vez, registrou imagens de um objeto que nunca “viu” luz (confira infográfico). “O feixe de luz que foi detectado pela nossa câmera nunca atingiu a figura do gato, mas era ‘irmão gêmeo’ do feixe que passou por ele”, explica a pesquisadora. Isso provou, com resultados práticos, que partículas que não têm nenhuma conexão física podem compartilhar informação, como se conversassem telepaticamente.

A escolha da figura do gato para registrar a imagem não foi por acaso. A equipe de Gabriela quis homenagear o físico austríaco e ganhador do Prêmio Nobel Erwin Schrödinger. Em 1935, para mostrar o aparente paradoxo de outro conceito da mecânica quântica – o das realidades paralelas que coexistem enquanto não forem observadas –, ele propôs um experimento mental em que um gato é colocado dentro de uma caixa fechada. A vida do animal ficaria à mercê de partículas radioativas. Se elas fossem liberadas, o gato morreria. Se não, ficaria vivo. Para Schrödinger, se os princípios da mecânica quântica fossem aplicados a seres e objetos maiores, o gato teria que estar vivo e morto ao mesmo tempo, até que alguém abrisse a caixa para observá-lo.


PIONEIRO

O físico austríaco Erwin Schrödinger. Em 1935, para ilustrar o comportamento

aparentemente ilógico de partículas subatômicas, ele propôs o experimento

imaginário do gato que está vivo e morto ao mesmo tempo


Acima de tudo, Gabriela e sua equipe conseguiram trazer para o mundo real alguns dos conceitos mais complicados da física moderna. E isso não é um feito pequeno. “Os chamados efeitos quânticos não são nada triviais”, diz Gabriela, que ganhou uma bolsa de estudo da Academia Austríaca de Ciências e não depende de nenhum programa do governo brasileiro para conduzir sua pesquisa. Ao mesmo tempo, a equipe que realizou o experimento vislumbra, num horizonte não muito distante, aplicações práticas para essa captação indireta de imagens. Médicos poderiam, por exemplo, iluminar um tecido sensível com uma luz invisível, que não danificaria as células, enquanto um raio de luz “gêmea”, porém visível, criaria a foto em uma câmera.

O trabalho pioneiro, publicado na respeitada revista científica Nature, gerou reconhecimento internacional para Gabriela e sua equipe. Quando terminar o pós-doutorado, no fim de 2015, ela pretende retornar ao Brasil para continuar as pesquisas. “Temos pessoas muito capacitadas na física brasileira”, diz. “Esse tipo de conhecimento não pode ser negligenciado pelo País.”


Fonte:

Revista Isto É

Edição 2689 30/07

Códica - Treine seu cérebro, liberte sua mente.




Códica serve para mudar.
Para mudar o que não funciona em nós mesmos.
Para modificar nossas reações emocionais, maus hábitos, padrões autodestrutivos, problemas de autoconfiança, entre muitas outras coisas.
É ótimo para mudanças a respeito de estresse, depressão e ansiedade.


"Se sua mente é tão boa para trabalhar contra você,
imagine-a trabalhando a seu favor."


O método Códica.
É um método acelerado para mudar padrões, reprogramando nossos processos ineficientes com estratégias cientificamente comprovadas, incorporando-as a tal ponto que se tornam habilidades naturais.




Consiste em aprender estratégias para gerenciar eficientemente as nossas emoções, enquanto estimulamos grupos específicos de neurônios responsáveis de seu correto desempenho.



Como é uma sessão?
Uma sessão de Códica é composta por três etapas:

A) Diagnóstico de habilidades emocionais
Através de um aplicativo, é realizado um teste que por um lado, avalia a lógica que utilizamos para processar circunstâncias diferentes.
Por outro lado, avalia a eficiência neurológica do individuo, medindo a agilidade mental ao resolver problemas de motricidade ocular.




B-1) Reprogramação por movimentos oculares
Códica é um método que conta com duas alternativas para ajudar na mudança de hábitos e padrões.
Na versão para teleconferência, utiliza-se reprogramação por movimentos oculares. Uma técnica baseada no processo dos movimentos oculares, que executamos durante o sono profundo. O mecanismo serve para substituir os processos que geram estresse desnecessariamente.




B-2) Estimulação Magnética Neuronal
Uma segunda alternativa que Códica oferece para auxiliar na mudança de hábitos e padrões, é o estímulo neural magnético.
É uma técnica utilizada em sessões presenciais, não é invasivo e não gera efeitos colaterais.
Consiste em modular a sinapse de grupos específicos de neurônios, que são a chave para desenvolver uma habilidade emocional.
A Estimulação Magnética Neuronal, se baseia no princípio da indução magnética descrita por Michael Faraday.
Aplica-se um campo magnético de determinada força e duração, proveniente de uma bobina de estimulação, aplicada sobre o couro cabeludo, que penetra até o cérebro, com uma atenuação insignificante. Estes campos magnéticos induzem uma corrente elétrica no tecido neuronal.
A Estimulação Magnética Neuronal é inversa em todos os sentidos à Estimulação Magnética Transcranial, utilizada em hospitais pelos médicos, pois diferente desta, produz um efeito de reconexão neuronal, que reabilita zonas específicas do córtex cerebral. Constitui-se de uma ferramenta completa de possibilidades de estudo e pesquisa no âmbito das neurociências, assim como para o tratamento de diversos sofrimentos e transtornos psicológicos.




C) Redesenho cognitivo
Seu objetivo é construir uma lógica racional que resista a qualquer circunstância.
Consiste em treinar o usuário no uso de ferramentas racionais para gerenciar eficientemente suas emoções, seu comportamento, sua tomada de decisões e sua autopercepção.

Não sofremos com as coisas que acontecem conosco.
Sofremos quando nossa lógica não as entende.



Como Funciona?
Desenvolver uma habilidade de sucesso para lidar com qualquer circunstância, depende de dois fatores: o uso da lógica correta e que essa lógica seja incorporada em nosso cérebro como um hábito natural.
Nossa mente aprende pela lógica, mas nosso cérebro gera hábitos por repetição.




Códica é eficiente porque treina a sua mente com uma lógica impecável, além de incorporar um hábito por estimulação neurológica.



Os processos de mudança de Códica



Códica foi desenvolvido por Moisés Goiz.