Menu

História do Reiki



Mikao Usui nasceu em 15 de agosto de 1865, em Taniai Mura, prefeitura de Gifu, no Japão. Foi casado e teve três filhos. Exerceu várias profissões, entre elas a de funcionário público, como secretário particular do Sr. Shimpei Goto (ministro das relações exteriores, governador de Taiwan, ministro dos correios e prefeito poderoso em Tóquio). Em suas viagens como secretário, esteve na Europa, nos Estados Unidos e na China e era conhecedor de línguas antigas, incluindo o sânscrito. Era um homem de talentos variados e um amante dos livros.

Mikao Usui

A tradição conta que buscava conhecimentos sobre cura e ele mesmo relata isso, em uma entrevista feita em torno de 1922, um dos poucos documentos que temos a seu respeito (referência do livro Reiki: o legado de Mikao Usui, de Frank Petter). Após muitos anos de estudos, pesquisas, ardoroso treinamento e meditações, Mikao Usui retirou-se para o Monte Kurama, como faziam alguns monges, pretendendo a iluminação e, após 21 dias, recebeu o resultado de seus esforços. Isso aconteceu em 1922. Usui tinha, então, 58 anos de idade.

Chujiro Hayashi

Após sua descoberta, Mikao Usui resolveu divulgar a técnica, dando-lhe o nome de Reiki. Tratou inúmeras pessoas e ministrou muitos cursos. Fundou uma organização em Tokyo, a Usui Shiki Reiki Ryoho, que existe até hoje. Alguns de seus principais discípulos foram Ushida (seu sucessor) e Hayashi (ambos, oficiais da marinha imperial japonesa). Durante uma estada em Fukuyama, Usui teve um ataque cardíaco fatal e morreu no dia 09 de março de 1926, aos 62 anos de idade.

Hawayo Takata

A ponte para o Reiki no Ocidente deu-se por intermédio do Dr. Chujiro Hayashi. Nascido em 1878, Hayashi era médico e comandante da marinha imperial japonesa. Após a morte de Usui, fundou uma clínica em Tokyo, onde se dedicou à cura e à formação de novos mestres. Entre seus discípulos, estava Hawayo Takata que inicialmente o havia procurado para curar-se. Como clínico, Hayashi produziu vasta documentação sobre a aplicação do Reiki. Hayashi morreu no dia 10 de maio de 1941.

Phyllis Lei Furumoto

Takata nasceu em 24 de dezembro de 1900, na Ilha das Flores de Kawai, Havaí. Era filha de camponeses imigrantes japoneses e trabalhava na cultura de bambu e de cana-de-açúcar. Também trabalhou no comércio e como governanta de uma mansão, onde permaneceu por vinte anos. Em 1935, seus pais retornaram ao Japão para um período de férias, quando sua irmã, de apenas 25 anos, morreu. Takata foi ao Japão dar a notícia aos pais e tratar da saúde, ocasião em que conheceu a clínica de Hayashi. Curou-se, interessou-se pelo Reiki e permaneceu ali por um ano, estudando e trabalhando como colaboradora. Voltou ao Havaí e instalou-se em Hilo, onde funcionou seu primeiro consultório, com muito sucesso. Em 1937, Hayashi foi ao Havaí, permanecendo por seis meses, dando palestras e atuando com o Reiki. Em 1938, iniciou Takata como mestre e a autorizou a transmitir a técnica. Após a segunda guerra, Takata mudou-se para os Estados Unidos, dedicando-se a tratamentos com Reiki e ministrando cursos. Faleceu em 12 de dezembro de 1980, indicando, como sucessora, sua neta Phyllis Lei Furumoto.

Jason Thompson

No início da década de 80, o Reiki chegou à Europa por meio de Brigitte Müller. Em 1982, houve o primeiro seminário de Reiki, no Brasil, Rio de Janeiro, ministrado pelo americano, Stephen Cord Saiki. Em 1988, Jason Thompson e Claudete França, iniciados pela mestra Kate Nani, da Califórnia, EUA, iniciaram a divulgação do Reiki, no Brasil.

Claudete França

Atualmente, no Brasil, vêm sendo introduzidos novos conhecimentos, através de Frank Arjava Petter, mestre de Reiki alemão, que viveu no Japão por 12 anos e foi aluno da Sra. Yamaguchi, também, uma das discípulas de Hayashi. Enquanto a Sra. Takata recebeu e introduziu influências de outras culturas (mormente a tibetana) na divulgação do Reiki, os ensinamentos provenientes da Sra. Yamaguchi conservam os conhecimentos mais próximos do Reiki original, visto que aprendeu diretamente de Hayashi e nunca se afastou do Japão.

Tadao e Chiyoko Yamaguchi

O conhecimento sobre a existência da Sra. Yamaguchi chegou ao Ocidente (e no próprio Japão, pois levava uma vida simples e no anonimato) apenas na década de 90 e só então passou a ensinar o que aprendera com seu mestre. A Sra. Yamaguchi faleceu em 2003, tendo fundado, com seu filho, o Sr. Tadao Yamaguchi, o Instituto de Jikiden Reiki, no Japão. O Sr. Tadao a substituiu, então, com o objetivo de dar continuidade à divulgação da técnica pela "transmissão direta" que é o que significa a expressão "Jikiden", ou seja, ensinar exatamente como foi aprendido pelo mestre. Frank Arjava Petter passou a ser seu discípulo e, no momento, eu também estou me dedicando a esse aperfeiçoamento, através dos cursos e estudos com esses meus dois novos mestres.

Frank Arjava Petter

Fontes:
Os relatos históricos desta página foram tirados dos livros, das correspondências (newsletters) e dos cursos realizados com o mestre Frank Arjava Petter.

Fotos:

Internet.

Nenhum comentário:

Postar um comentário